Como adicionar um repositório no Ubuntu

Icon da aplicação Fontes de AplicaçãoAtravés dos artigos que faço e através da enorme quantidade de visitas que recebo do Google com dúvidas de como adicionar repositórios, cheguei à conclusão que é necessário um artigo que explique o seu objectivo e as várias formas de adicionar repositórios.

O que é um repositório?

Repositório, no Ubuntu, é um servidor, dedicado a uma determinada distribuição que contém pacotes (programas ou bibliotecas) para fazer download. Através dos repositórios é possível fazer instalações de programas de uma forma muito simples e segura. Muitos repositórios, como os oficiais do Ubuntu, têm uma chave que é única para o computador do utilizador e permite ter um nível de segurança elevadíssimo nos downloads dos ficheiros.

Quando o Sistema Operativo tem um repositório adicionado, conforme as suas configurações, irá procurar por novas actualizações periodicamente. Permitindo, assim, ter um computador actualizado tanto ao nível do Sistema Operativo como ao nível dos programas instalados através desse repositório.

Normalmente um link para um repositório tem esta forma:

deb http://archive.ubuntu.com/ubuntu/ hardy main

O deb significa que tem como conteúdo do repositório pacotes prontos a ser instalados. Se for deb-src, então o repositório tem apenas o código fonte dos pacotes. Ao lado tem o link do servidor e depois tem o nome da distribuição (neste exemplo a distribuição é a Hardy). Depois do nome da distribuição aparece o tipo de repositório, que normalmente é main. No caso dos servidores oficiais do ubuntu, estes para além de main têm Restricted, Universe, e Multiverse que são, de certa forma, independentes entre si, visto cada um ter os seus pacotes.


Como adicionar um repositório em modo gráfico?

Para adicionar um repositório abra o programa Fontes de Aplicações (no Ubuntu do Brasil chama-se Canais de Software) que se encontra no menu Sistema → Administração.

Na nova janela escolha a aba Aplicações de Terceiros (na versão do Brasil a aba tem o nome de Programas de Terceiros). Esta aba contém a lista de todos os repositórios do Sistema Operativo e permitirá adicionar, remover e desmarcar repositórios.

Para adicionar um repositório, basta clicar no botão Adicionar, digitar o repositório na caixa de texto da nova janela e clicar no botão Adicionar Fonte (na versão do Brasil o botão tem escrito: Adicionar Canal).


Depois de adicionados os repositórios, deve actualizar as listas dos pacotes contidos nos novos repositórios. Ao clicar no botão Fechar, o utilizador é abordado para actualizar as listas, aceite actualizar clicando no botão Reler.

Caso seja necessário adicionar uma chave, abra a aba Autenticação, clique no botão “Importar ficheiro de Chaves…” e procure o ficheiro-chave desse repositório.


Como adicionar um repositório através do terminal?

Apesar do processo de adicionar os repositórios em modo gráfico ser simples, fazer o mesmo pelo terminal pode ser bastante mais rápido. Para além disso, existe casos, como foi referenciado acima, que é necessário adicionar uma chave para tornar a conexão mais segura. E esse processo é bastante mais rápido pelo terminal pois normalmente nos sites dos repositórios têm uma linha de terminal que faz download da chave e instala-a no Sistema Operativo.


Adicionar um repositório através do terminal é adicionar a linha ao ficheiro de texto chamado sources.list, que contém todos os repositórios e que está na pasta /etc/apt/. Assim, basta copiar a seguinte linha para o terminal:

sudo gedit /etc/apt/sources.list

E, na nova janela, no final do ficheiro, digite o repositório e salve o ficheiro.


Existe outras maneiras, bem mais rápidas para adicionar pelo terminal, por exemplo, esta linha adiciona um repositório ao ficheiro sem ter de abrir nenhuma janela extra:

sudo sh -c “echo \”deb http://ppa.launchpad.net/team-xbmc-hardy/ubuntu hardy main\” >> /etc/apt/sources.list”


Depois de adicionar o repositório pelo terminal é necessário actualizar as listas:

sudo apt-get update
Anúncios

~ por 3c0linux em outubro 29, 2008.

 
%d blogueiros gostam disto: